AGÊNCIA ALVO

Blog

Facebook promete US$100 milhões em apoio à indústria de notícias durante a crise de coronavírus

A empresa já havia anunciado dia 17 de março a doação de US$ 1 milhão para apoiar verificadores de fatos em seu trabalho em torno do COVID-19, agora soma à essa quantia mais 100 milhões de dólares em financiamento para organizações de notícias locais, muitas das quais agora lutam para manter suas margens em meio às crescentes paralisações do COVID-19.

Como explicado pelo Facebook:

A indústria de notícias está trabalhando sob condições extraordinárias para manter as pessoas informadas durante a pandemia de COVID-19. Em um momento em que o jornalismo é mais necessário do que nunca, receitas proveniente de anúncios estão declinando devido ao impacto econômico do vírus. Jornalistas de veículos locais estão sendo especialmente impactados, mesmo com as pessoas recorrendo a eles para receber informações críticas para manter seus amigos, familiares e comunidades seguras.

Hoje, estamos anunciando um investimento adicional de US$100 milhões para dar suporte à indústria de notícias, sendo US$25 milhões em fundos emergenciais para notícias locais, por meio do Projeto Facebook para Jornalismo (FJP), e US$75 milhões em investimentos de marketing direcionados a organizações de mídia ao redor do mundo.

Por meio programa do FJP de apoio às redações na cobertura de coronavírus, o financiamento está ajudando jornalistas na cobertura de histórias importantes quando mais precisamos delas. Estamos construindo com base nesse trabalho e vamos direcionar uma parte desses fundos aos publishers que mais precisam, nos países mais impactados. A primeira leva de financiamento foi destinada a 50 redações nos EUA e no Canadá.

(…)

Se as pessoas precisavam de mais provas de que o jornalismo local é um serviço público vital, elas estão tendo agora. E, enquanto quase todos os negócios estão enfrentando adversidades financeiras pela crise, reconhecemos que estamos em uma posição mais privilegiada do que a maioria, e queremos ajudar.

Com as pessoas em casa e buscando atualizações na Web, a maioria das organizações de notícias está vendo aumentos significativos no tráfego. E anúncios como esse do Facebook são boas notícias para organizações de notícias locais, que lidam com o conflito entre as pessoas precisando de informações e a perda de receita, já que muitas das empresas que sustentam seu funcionamento por meio de anúncios foram fechadas em meio aos impactos do COVID-19.

Leia a declaração do Facebook na íntegra aqui (em português).

Para uma reflexão um pouco mais profunda sobre o impacto desse investimento, leia o post do Andrew Hutchinson no Social Media Today.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp